sábado, outubro 31, 2009

"EU CARREGO VOCÊ COMIGO"



Carrego seu coração comigo
Eu carrego no meu coração
Nunca estou sem ele

Onde quer que vá, você vai comigo
E o que quer que faça
Eu faço por você

Não temo meu destino
Você é meu destino meu doce
Eu não quero o mundo por mais belo que seja

Você é meu mundo, minha verdade.
Eis o grande segredo que ninguém sabe.

Aqui está a raiz da raiz
O broto do broto e o céu do céu
De uma árvore chamada VIDA
Que cresce mais que a alma pode esperar ou a mente pode esconder
E esse é o pródigo que mantém as estrelas á distancia

Eu carrego seu coração comigo
Eu o carrego no meu coração.

* Poema de E.E. Cummings *

quarta-feira, outubro 28, 2009

"O DESFECHO E A LIBERDADE"



Francamente, penso muito sobre os momentos da minha vida, sobre cada uma das fases que passei.  No fim de cada dia, diariamente, penso sobre o que me aconteceu até hoje e me aprofundo em tentar memorizar o máximo que puder de todas as novidades da minha vida, ou as coincidências que voltaram a acontecer. 
Aprendi com isso que existem momentos que nós jamais vamos nos esquecer e de pessoas que jamais poderemos deixar ir embora. É o amor que faz isso conosco, não só como um sentimento que nos aproxima nem que nos supre diariamente, mas como algo natural, um tipo de coisa que vai além apenas da palavra "amor". É um tipo de ligação suprema, uma ligação de alma.
Nossa família naturalmente está dentro deste círculo de amor intenso que carregamos, mas não o digo neste texto em relação aos meus consanguíneos, eu cito aqui pessoas imprescindíveis para formar o caráter que construímos ao longo da vida, pessoas que nos acompanham em momentos importantes, todos os dias. Amigos, namoradas, ou poucos e marcantes passageiros... Pessoas que mesmo não estando mais ao nosso lado, que mesmo nos falamos pouco, ou já não nos falarmos mais, estão sempre aqui dentro nos acompanhando... Pessoas que AMAMOS.
Minha liberdade hoje de vida, física e emocional, é tomada constantemente das lembranças destas pessoas que carrego com carinho junto a mim e que tomo, por exemplo, talvez para não errar, talvez desejando apenas que estivessem ali compartilhando comigo o que eu estiver passando, experiências que elas já possam ter compartilhado ou que apenas mereciam viver novamente comigo. Eu vejo hoje que não respiro sem estas pessoas, mesmo que já não possam mais ser "minhas", estar próximas.
O meu desfecho eu construí ontem, e continuo construindo hoje, mas sei que jamais iria alcançá-lo se não me desse conta de quem esteve comigo e suas parcelas de participação. É por isso que quero agradecê-las, pelos melhores dias da minha vida... Que JAMAIS irei esquecê-las e que SEMPRE irei amá-las, estas pessoas que mesmo do passado possuem um lugar de prestígio nesta mente nostálgica, que mesmo longe, estão SEMPRE perto de mim.
Que saibam apenas, que sempre terei pleno e puro orgulho de cada uma de vocês e que torço para que encontrem sua paz.
Obrigado!

domingo, outubro 25, 2009

"O MUNDO Á MINHA PORTA"



As mudanças da nossa vida, tão implacáveis e iminentes, que nós jamais poderemos contê-las. Não percebemos até as mudanças que acontecem em nossa família, as fases de cada período e que todas elas acontecem interligando cada uma das vidas deste conjunto.
As coisas começam a ser diferente, o primeiro irmão da família que começa a trabalhar e dá um novo passo na vida rumo ao desconhecido mundo do lado de fora da porta, da formatura da escola que nos abre um leque de possibilidades de escolhas para “o que fazer e aonde ir”... O primeiro namoro e os relacionamentos seguintes, que nos distanciam ainda mais do conforto de casa. E que ao mesmo tempo em que cada uma das vidas tem uma nova mudança, uma nova fase, ecoam em cada um delas algum tipo de consequências em conjunto com estas novas diferenças que surgem. 
Até pouco tempo, minhas irmãs haviam saído de casa para viver suas vidas, fazer faculdade ou apenas trabalhar, com ou sem filhos, sozinhas ou namorando, com perspectivas de grandezas e conquistas para o futuro. Nós, havíamos ficado para trás meus pais e eu, em nossa rotina, em nossas vidas.
Hoje, minhas irmãs voltaram para casa, e quem saiu mundo afora para trilhar a minha nova distância, as minhas novas mudanças, sozinho, fui eu. Vejo que daqui a um tempo iremos todos trilhar nossas novas distâncias, viver novas fases, constituir família, nos mudar para longe ou perto, escolher nosso destino...
Quem ficará para trás no fim, são meus pais, que envelhecerão juntos, cuidando da antiga casa da família, nos visitando e sendo visitados por nós e nossos futuros filhos, noras e genros. 
Agora, eu tenho que percorrer minhas distâncias e perceber que o meu novo mundo é diferente do que foi na minha infância, é muito maior, muito mais vasto do que eu imaginava ser da porta para fora. Não sei se vou trilhá-lo por muito tempo sozinho, nem quantas novas pessoas me acompanharão mas sei que o meu novo mundo, minhas novas distâncias, continuarão sendo ainda e cada vez maiores... Sei também que mesmo com qualquer mudança que venha a acontecer, meus pais serão sempre meus pais e eu terei aqui, nesta casa, neste porto seguro, uma luz acesa me indicando que serei sempre bem vindo.
Acredito hoje, que ás vezes nós devemos crescer separados das pessoas mais importantes das nossas vidas para que consigamos continuar a crescer juntos. E vou estar aqui, sempre pronto para crescer, para explorá-la e conhecê-la, toda esta VIDA, por todos eles.
Daqui, deste grande mundo que está na frente da minha porta.

(Com os cumprimentos do episódio 43 - Adeus da 1º Temporada de Anos incríveis).

domingo, outubro 18, 2009

"FAZ PARTE DO MEU SHOW"




A Vida.

Não posso esperar que todos acompanhem minhas loucas idéias e as menções escondidas nestas palavras, mas vejo algo além dos marasmos e problemas, vejo apenas a singularidade. Existe uma festa pronta para deslanchar na vida de todos nós, existem momentos diários em que as portas se abrem á espera de um espetáculo... Mas depende apenas de nós mesmos, que este palco seja de prazeres ou apenas de meras decepções.
Vivo tudo com hedonismo, á busca do mais profundo aproveitamento de cada um dos prazeres, de cada beijo ardente, de cada vez que faço amor. Em um fantástico passeio de família, ou a leitura de um bom livro...
Os diferentes prazeres dos quais nos é dada a honra de saborear diariamente. 
Não vejo minha vida só como um palco do qual deva ser apresentado um show inesquecível, nem uma loucura típica de um "Circo Voador" dos anos 80.
 Vida, é um elegante baile de gala minuciosamente projetado e que sutilmente muda de uma visão apaixonada e incrementada, para um tremendo show artístico.

Mas são nos valores mais naturais que encontro meu êxtase.
Um banho de chuva.
O silêncio de um lugar isolado.
Um cobertor no frio.
Ou a profunda viagem nos meus pensamentos; Filosofar, parar pra pensar.

A vida para mim, não é problemas ou complicações, nem chatices e mesmices... A vida é mais do que chegar aos 20 anos com inconsequência e imaturidade... A vida que vejo e vivo, é minha, de profundos valores corretos e de grandes superações. Planos? 
Sim... Devo confessar que sou um sonhador em alguns momentos, mas que minha vida é baseada apenas em certezas do que viso obter, coisas pela qual eu darei o sangue e suor, diariamente.

O tempo é um parceiro, a hora é sempre certa.

A certeza plena, os planos do futuro, o forte desejo, a sede de vitória e a busca hedonista, fazem plena e integrante "PARTE DO MEU SHOW". Não planejo o tempo, uma idade... Planejo o indiferente ao tempo e as coisas, planejo os valores e pessoas.

Quem eu serei, quem eu terei e quem eu farei... É um rumo certo, deste salão de gala e palco de show que é a minha vida, um espetáculo transcendental!

"Fazem TUDO e TODOS parte do MEU SHOW, MEU AMOR."

quarta-feira, outubro 14, 2009

"FELLA"

*Pra te parabenizar pelo aniversário Fantinato: Nostalgia Bro'! Antigos projetos, outros tempos, mas sempre os mesmos caminhos. Parabéns Sua VADIA! :D

"AMIGOS"


"Meus amigos são todos assim: metade loucura, outra metade sanidade. Escolho-os não pela pele, mas pela pupila, que tem que ter brilho questionador e tonalidade inquietante. Escolho meus amigos pela cara lavada e pela alma exposta. Não quero só o ombro ou o colo, quero também sua maior alegria. Amigo que não ri junto, não sabe sofrer junto. Meus amigos são todos assim: metade bobeira, metade seriedade. Não quero risos previsíveis, nem choros piedosos. Quero amigos sérios, daqueles que fazem da realidade sua fonte de aprendizagem, mas lutam para que a fantasia não desapareça. Não quero amigos adultos, nem chatos. Quero-os metade infância e outra metade velhice. Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto, e velhos, para que nunca tenham pressa. Tenho amigos para saber quem eu sou, pois vendo-os loucos e santos, bobos e sérios, crianças e velhos, nunca me esquecerei de que a normalidade é uma ilusão…” Tenho amigos, exatamente porque com eles sou eu e por eles sou completo. Amigos trouxas, amigos bêbados, tontos ou companheiros, irmão e errantes. Tenho amigos de todos os jeitos, de todos os tamanhos com todas as idéias, em todos os lugares, perto ou distantes. Tenho os certos, tenho os que aconselham, tenho os que completam e os que influenciam. Amigos que vejo como filhos e que me vêem como pai...Amigos que conto e que conheço. Tenho meus amigos, pelas singularidades que admiro em cada um deles, pela dádiva da particularidade, tenho amigos por uma vida completa, de prazeres e loucuras, sem marasmos e repetições. Tenho amigos pois os vejo divinos, como parte e extensão de mim.
Tenho amigos, porque a razão de viver nos aproxima, e que saber de uma vida sem amigos, é insensatez.

Aos loucos e aos carrancudos... Á todos aqueles com quem compartilho uma vida, á vocês que não estão na foto, mas que são parte integrante.
Aos meus AMIGOS, meus IRMÃOS.

terça-feira, outubro 13, 2009

"SUPERAÇÃO"


É legal saber que somos tão diferentes, todos nós, uns dos outros. 


Eu fico aqui me perguntando no meio de todas essas diferenças, o que cada uma das pessoas faz para superar algo que não gostariam que tivesse acontecido, mas ja que aconteceu, é preciso aprender a lidar com isso.



Também sei que existem vários fatores com severas influência sobre os acontecimentos, como o momento em que aconteceram, ou se existia a necessidade ou não de determinada coisa, se existia o apego emocional e quão forte ele era, se era algo que poderia ser evitado ou se era algo iminente, sem controle ou se foi consentido. 



Mas e aí, aconteceu... O que fazemos? Ha... é aí que "depende":



Tem quem faça um contrato consigo mesmo de que vai superar e que não vai deixar acontecer de novo, tem quem se desespera sem saber o que fazer, tem quem desista, tem quem não quer nem pensar. Mas é legal essa dúvida né?



É a dádiva e a maldição de ser humano e ter problemas. Ás vezes é uma coisa que nos aflige TANTO em um determinado momento, mesmo se soubermos que é algo tão banal e que ainda vamos rir de ter sofrido por isso. Outras é uma coisa MUITO seria e que não depositamos a devida atenção fugindo ao nosso controle no futuro.



E aí, o que fazer? 

Vou ficar aqui sofrendo ou vou superar? Vou ficar pensando e procurando ou vou me esquecer?
Sim... É ruim também saber que temos tantas possibilidades. O pior de tudo é saber de todas elas e não usar da razão de segui-las, ficar persistindo no problema mesmo sabendo que não há solução, acreditando em uma nesga de esperança agarrado á uma lembrança, sabendo que está errado. 


Agora CHEGA... Há de se encarar o fato: O tempo se foi e o sentimento deixou de ter razão.



Não é saudável, não é talvez recíproco. Então chega da sua existência, é hora de acabar e deixar num lugar afastado das nostalgias, onde não aflija mais.



É hora de um novo recomeço, é hora de tomar um soco forte da realidade na cara e nos desprender, é hora de usar a razão... É hora de viver, SEM LIMITAÇÕES!


Um BRINDE Á SUPERAÇÃO!

quarta-feira, outubro 07, 2009

"QUEM NUNCA FALHOU, NUNCA VIVEU!"



VIDA = RISCO

Um excelente vídeo com informações verídicas, vale conferir, ;) .


video

"Dispensada da escola de artes com uma nota dizendo:
- Perdendo seu tempo, ela é Tímida demais para se apresentar.
"LUCILLE BALL"

Recusado pela companhia de música Decca, que disse:
- Não gostamos do seu som, e a musica de guitarra está acabando.
"OS BEATLES"

Um soldado, fazendeiro e agente de estado fálido.
Aos 38 anos foi trabalhar com seu pai como ajudante.
"ULISSES S. GRANT"

Cortado do time de basquete da escola, ele foi pra casa, se trancou no quarto e chorou.
"MICHAEL JORDAN"

Um professor disse a ele que era burro demais para aprender algo.
E ele deveria ir para o campo, aonde poderia fazer sucesso em virtude de sua agradável personalidade.
"THOMAS EDISON"

Despedido de um jornal porque ele:
- Não tinha imaginação e não tinha idéias originais.
"WALT DISNEY"

Sua noiva morreu, ele fracassou nos negócios 2 vezes, teve um colapso nervoso, e foi derrotado em 8 eleições.
"ABRAHAM LINCOLN"

Se você nunca falhou, Você nunca viveu.

Vida = Risco.


Corra o risco de dar um novo rumo para sua vida.





"INAUGURANDO MINHA SEGUNDA DÉCADA"


35 Minutos depois e duas ligações pontuais dos meus pais que eu esperava! Começo agora, durante a digitação deste textos os meus 20 anos... Duas décadas de vida, excelentes experiências vividas e grandes aprendizados até onde a idade me permitiu até hoje. Começo meus 20 anos, pensando em como será daqui pra frente, o que farei, o que conquistarei. Claro que senti aquele frio na barriga seguido de um "e agora?" e um "nada de mais...", mas penso que tem sim algo a mais... Exatamente como foi aos 18 anos, aquela excitação, aquela super animação, seguida do marasmo do nada demais. Hahahaha! Mas é essa a verdadeira graça de fazer anos! Nossos números nos seguem, mas nos trazem momentaneamente animação e desanimação, responsabilidades e direitos, felicitações e problemas, conquistas e perdas, nos trazem mais um ano de vida, cheios de portas abertas! Tenho de ser positivo, com todos os contras e problemas que me perseguem, sou um cara afortunado... Sou um homem feliz com o que sou, com o que me tornarei, com o que aprendi e com a sabedoria que ainda irei adquirir... Estou pronto, pro que der e vier, pronto para encarar com a cabeça erguida, estou pronto para viver, para brigar e para comemorar tudo o que meus vinte anos virão a me proporcionar, espero que seja MEMORÁVEL!


Que venha então o hoje, Dia 07/10/2009, meus 20 ANOS!

sábado, outubro 03, 2009

"CARTA DA MINHA MÃE"

"Aisha"

Sei que é uma coisa extremamente pessoal, mas não há nada aqui que foge do verdadeiro princípio deste blog. Esta carta vai ser publicada, exatamente porque acima de tudo e todos, me orgulho e me apoio nessa figura divina que é a minha mãe-moleca. Esta carta estava escondida no meio das roupas da minha mala, quando me mudei pra Franca para fazer faculdade e a carrego sempre comigo, para me lembrar, por quem eu estou aqui:

"Meu Lindo!

Te amo MUITO!
Gostaria muito de estar com você, cuidar de suas coisas e fazer sua comidinha, enfim, estar perto de você. Pena que nessa vida a gente tenha de "cortar o cordão umbilical". Estou fazendo isso ainda. Pensei que seria mais fácil ver "nossos" filhos partirem e entregá-los ao mundo, mas é difícil pra caramba!
A gente fica sem uma partezinha cada vez que vão embora, mesmo sabendo que foi por escolha que partiram.
A gente se acostuma com o tempo.
Vai com Deus meu filho!
Seu futuro te espera, e será brilhante.
Saiba que aqui sempre será seu porto seguro.
Te amamos.

Estarei com você sempre.
Mãe .
24/04/09".

MEU AMOR, MEU ORGULHO.